11.5.07

eu sou um babaca ou sofro...

Eu sou um babaca ou sofro por amor? Uma coisa exclui a outra? Tava demorando a dizer isso. Bem, eu não sei ao certo o que é sofrer por amor, o que pede um questionamento a priori: eu sei mesmo amar?... acho que amei Anna, uma página já exorcizada, mas eu era muito jovem, quando ela partiu eu morri e renasci como Duda Bandit. Anna, que nada tem a ver com Hanna, me lembra hoje um bangalô em Jacaraípe (que foi demolido, mas não tenho nada a ver com isso) e uma arma que enterrei e nunca voltei para buscar. Ela faz um parte de um passado passional e imbecil que foi devidamente assassinado com requintes de crueldade. Não sei se era amor o que sentia... eu, intelectualóide, verde e esquizofrênico, dizia coisas idiotas do tipo “preciso de você porque pouca coisa é sólida... acho que você é livro, eu escrevi você e você me escreve... só isso...”.

Clio, sensatamente às vezes, faz a caravana passar. Eu tinha 19 anos, agora tenho 30. Eu adorava o Werther, agora leio Henry Miller, Bukowski, Mirisola, Bioy, Marcos Rey... Eu chorava muito, debulhava-me em lágrimas, agora secou a fonte... para encurtar a conversa, o certo é que se eu amei no passado aquele não era eu, ou, pelo menos, já não sou mais... se amo Hibari e Hanna esta é a minha primeira vez, sou um debutante. Mas é possível padecer de amor por duas mulheres e ao mesmo tempo ficar melancólico por tantas outras? Quem eu amo na verdade pareceu a grande pergunta a ser feita. Tenho me debruçado neste problema sem grandes avanços... enquanto isso a solidão parece assentar, parece que se torna um fardo mais ameno. Essa é a pior parte.


(trecho de "HH, uma novelinha escorada")

4 Comments:

Blogger Lidiane said...

Gostei do trecho.
E eu AMO Henry Miller.

9:14 PM  
Blogger Guto Melo said...

Anna não era Hanna, mas era bárbara. E Hanna não era Barbera.

9:14 AM  
Blogger Carol Ornellas said...

nossa,
tá muito bom esse todo aqui.
coloquei a leitura daqui em dia.
e estou de volta, apesar da demora.
rss

beijos ;*

3:01 PM  
Blogger Paulo Bono said...

escrotidões, as palavras certas e verdades. Caro, Bandit. Seus textos são do caralho. abraço.

8:17 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home